MEU CARRINHO

*Válido para pedidos com valor final acima de R$279

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

3 curiosidades sobre o vinho Moscato que você ainda não sabe

3 curiosidades sobre o vinho Moscato que você ainda não sabe

Fabenne - 02/05/2023

3 curiosidades sobre o vinho Moscato que você ainda não sabe

Fala, ragazzi! Como vocês estão? A Nonna espera que estejam todos muito bem e felizes! Ragazzi, vocês sabiam que hoje, dia 9 de maio, é comemorado o Moscato Day? Isso mesmo, um dia inteirinho para comemorar o dia da Uva Moscato!

E, para celebrar, no post de hoje você confere 3 curiosidades sobre o vinho Moscato. Vamos lá? Buona lettura!

 

História da Uva Moscato

A origem dessa uva, assim como de várias outras, não é clara. Mas estima-se que ela pode ter nascido no Egito, até 3000 anos a.C. ou por volta do ano 800 a.C., na Grécia. A aposta é que ela se espalhou pela Europa durante o Império Romano, se adaptando aos mais diversos terroirs. 

A Uva Moscato se destacou primeiro na Itália, em Asti, no frisante Moscato d’Asti, que conquistou uma enorme fama no Velho Continente e até hoje é um vinho extremamente estimado. No século 19, a família de uvas se difundiu pelo Novo Mundo, atingindo excelente potencial nos Estados Unidos e Austrália. 

 

  • Versátil e com muitas variedades

Você sabia que a Uva Moscato tem diversas variedades? A Moscato Branco, por exemplo, é bastante utilizada na Itália, dá origem ao Moscato D´Asti e vem ganhando cada vez mais fama no Brasil, principalmente as cultivadas em Farroupilha, no Rio Grande do Sul.  

Já a Moscato de Alexandria é bastante utilizada para vinhos brancos frutados, vinhos de sobremesa, espumantes adocicados (junto com a Moscato Giallo) e vinhos tranquilos (sem a presença de gás), dos secos aos adocicados. 

 

Esta é mais comum na África do Sul e também na Espanha, mas, é claro, também é possível encontrar vinhos Moscato de Alexandria brasileiros.

 

Por fim, a Moscatel dá origem a um espumante aromático, com baixa graduação alcoólica e paladar naturalmente adocicado, que é elaborado por um método chamado Asti. 

A produção de espumantes Asti, em específico, começou em 1850 com o pioneiro Carlos Gancia, criador do primeiro vinho espumante italiano, em uma pequena vila no Piemonte, na Itália. 

 

  • Intenso aroma floral e frutado

Você com certeza já deve ter reparado que os vinhos à base de Uva Moscato contam com intenso aroma floral e frutado, que remetem a frutas como o pêssego, lichia, maçã, ou até mesmo flores brancas, como jasmim. 

Todas essas características fazem com que a bebida seja mais doce do que outros vinhos. Mas, se você não for um grande fã de bebidas adocicadas, fique tranquilo. Não precisa fugir do espumante Moscatel, pois a doçura da uva é perfeitamente balanceada pela acidez, o que a torna uma bebida leve e refrescante.

 

  • Moscato Giallo da Fabenne

Você sabia que o Moscato Giallo da Fabenne é resultado da composição das uvas Moscato Giallo e Moscato Itália, cuidadosamente selecionadas em Farroupilha, a capital nacional do Moscato? Isso mesmo, ragazzi!

Além disso, ele tem um aroma único de frutas tropicais e combina perfeitamente com aves, peixes e frutos do mar. Mas se você quiser saber mais sobre como harmonizar o Moscato Giallo com outros pratos, fica aqui a sugestão da Nonna.

 

Passe no site da Fabenne e garanta agora mesmo o seu bag de Moscato Giallo e outros vinhos! 

Fabenne usa cookies para personalizar a comunicação e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.