MEU CARRINHO

*Válido para pedidos com valor final acima de R$279

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

Taças: guia completo para cada tipo de vinho

Taças: guia completo para cada tipo de vinho

FABENNE - 28/09/2022

Taças: guia completo para cada tipo de vinho

Fala, ragazzi! Como vocês estão? A Nonna espera que estejam todos bem e aproveitando a primavera (com bons vinhos, é claro). E, para deixar as degustações de vinhos ainda mais interessantes, que tal aprender um pouco mais sobre as taças?

Afinal, os modelos de taças podem influenciar diretamente na sua experiência ao beber um vinho, sabia? Por isso é importante entender qual a correta para cada tipo da bebida!

Preparados? Vamos lá. Buona lettura.

Uma taça para cada tipo de bebida?

Isso mesmo. Apesar de não ser uma regra, é de bom tom que cada tipo de vinho (branco, vinho, rosé, espumante, etc) seja servido em um modelo de taça diferente. Isso porque o desenho da taça, o material do qual ela é feita e suas demais características influenciam muito na forma como percebemos a bebida. 

Imagine que, assim como determinados tipos de roupa ajudam a valorizar o corpo, a taça pode ajudar a tirar o melhor de uma garrafa de vinho. Para quem duvida, basta testar. Você sentirá a diferença ao beber um mesmo vinho em taças completamente diferentes.

 

Taças para vinhos tintos

Para servir vinhos tintos, opte sempre pelas taças do estilo bordeaux. Afinal, elas foram feitas para abrigar vinhos mais encorpados e ricos em taninos, como é o caso dos tintos. Essas taças também contam com o bojo grande, além da borda mais fechada para evitar a dispersão de aromas. 

A aba - ou a borda da taça – mais fina direciona o vinho para a ponta da língua, permitindo que a untuosidade e os sabores frutados dominem antes que os taninos sejam direcionados para a parte de trás da boca. É indicada para vinhos como:

  • Cabernet Sauvignon;
  • Cabernet Franc;
  • Merlot;
  • Syrah;
  • Tannat.

Para vinhos brancos

Agora, se o escolhido da vez for um bom vinho branco, certifique-se de que ele seja servido em uma taça com corpo menor que a do vinho tinto. Isso porque o vinho branco precisa ser consumido em temperaturas mais baixas, ou seja, um recipiente menor permite menos trocas de calor com o ambiente. 

Além disso, esse tipo de vinho também precisa que sejam realçadas as notas de frutas. Assim, a aba estreita entrega o fluxo do vinho através das áreas da língua com equilíbrio entre doçura e acidez, crucial para os brancos.

 

Para vinhos rosés

Aqui temos a mais perfeita mistura dos taninos dos tintos com os aromas dos brancos. E, para apreciar ao máximo a verdadeira obra prima que é um rosé, a taça mais indicada costuma ser menor que a do branco, mas com um bojo maior.

Por isso, a taça para servir vinho rosé deve acentuar a acidez da bebida, equilibrando assim sua doçura. Se não tiver uma taça específica para rosés (poucas marcas possuem), pode usar uma para vinho branco, viu?

 

Para espumantes

Por fim, nossa última dica sobre como escolher a taça certa para a sua bebida é sobre o famoso espumante.Conhecida como flauta ou flûte, esse formato de taça serve para que a bebida possa ser apreciada com as suas borbulhas ou perlage. 

Além disso, a taça fina também direciona a efervescência e os aromas para o nariz, enquanto controla o fluxo acima da língua, mantendo o equilíbrio entre a limpeza da acidez e a saborosa profundidade. Se a taça tiver um leve bojo, melhor, pois se for reta demais no sentido longitudinal pode levar a uma menor concentração dos aromas.

Para todo tipo de taça, vinhos Fabenne

Agora que você já sabe um pouco mais sobre quais modelos de taças escolher para cada tipo de vinho, é hora de visitar o site da Fabenne e dar uma olhada nas opções de vinhos que temos por lá, né?

 

A Nonna está te esperando!

Fabenne usa cookies para personalizar a comunicação e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.