MEU CARRINHO

FALTAM PARA FRETE GRÁTIS! (*)

(*) Válido para: São Paulo, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte e Curitiba.

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

Tudo que você precisa saber sobre a Uva Chardonnay

Tudo que você precisa saber sobre a Uva Chardonnay

FABENNE - 12/09/2022

Tudo que você precisa saber sobre a Uva Chardonnay

Queridos ragazzi do coração da Nonna, hoje a aula será sobre a uva verde mais queridinha de todos os tempos: a Chardonnay. E, se vocês já acompanham a Nonna aqui há algum tempo, certamente sabem que essas aulas não são nada chatas, né?

Por isso, pegue sua boa taça de vinho e acompanhe mais uma #AuladaNonna com tudo o que você precisa saber sobre a Uva Chardonnay. Buona lettura!

 

Origem da Uva Chardonnay

Começar entendendo de onde veio a uva chardonnay nos ajuda a entender também um pouco melhor as suas características. Para começar, é preciso que você saiba que a uva Chardonnay tem origem na região da Borgonha, na França.

Ela também é super cultivada na região francesa de Champagne e em vários outros lugares do mundo. Não à toa, é considerada uma das principais castas internacionais, além de ser uma das mais plantadas em todo o mundo. Uau!

#Curiosidade: durante muito tempo, acreditava-se que existia uma ligação entre as uvas Chardonnay, Pinot Blanc e a Pinot Noir, já que as três possuem estrutura e formato parecidos.

Sabe por quê tantas semelhanças? Estudos de análises de DNA comprovaram que a uva Chardonnay é resultado de um cruzamento entre as uvas Gouais e a Pinot Blanc e,  por isso, elas possuem tantos aspectos em comum.

Mas foi apenas em meados do século XVIII que a Chardonnay passou a ser reconhecida como uma nova espécie de uva, e não mais como uma variedade. 

 

Quais regiões produzem a Uva Chardonnay? 

Uma das maiores características dessa uva é a sua versatilidade (falaremos um pouco mais sobre isso a seguir). Por isso, é bastante comum que ela seja cultivada por diversas regiões em todo o mundo. 

A seguir você confere algumas das principais regiões produtoras dessa uva e as características do cultivo.

 

Borgonha: por ser a região de origem da Chardonnay, os vinhos elaborados na Borgonha, na França, têm um charme especial. Lá a produção de vinhos pode levar mais de 10 anos para atingir seu pico de complexidade, fato que é responsável pelo reconhecimento internacional da produção de vinhos brancos naturais da região.

Champagne: a Chardonnay produzida na região francesa de Champagne é normalmente colhida mais cedo, nos estágios iniciais de sua maturação. O resultado disso é uma uva que gera vinhos com menos notas frutadas e maior acidez, características que são essenciais para a produção do espumante típico da região.

Califórnia: o vinho Chardonnay produzido na região da Califórnia, nos Estados Unidos, traz algumas peculiaridades. Eles são armazenados em barris de madeira, dando origem a vinhos encorpados e com teor alcoólico mais elevado, com notas de madeira, nozes e levemente amanteigados, além de apresentar baixa acidez.

Itália: na Itália, esta uva aparece em várias regiões, principalmente em Piemonte, Toscana, Sicília, Abruzzo e Alto Adige. Por ser vizinha da França, a adaptabilidade ao clima italiano foi fácil e gera bons frutos, principalmente na produção de vinhos de sobremesa e espumantes.

 

América do Sul: na América do Sul, especificamente no Brasil, na Argentina e no Chile, o vinho Chardonnay tem ganhado cada vez mais espaço. Nessa região, são produzidos vinhos mais frutados. O Rio Grande do Sul, por exemplo, percebeu o potencial da uva e investe na produção, principalmente na região da Serra Gaúcha, que é muito famosa pelas vinícolas e pela qualidade dos vinhos e espumantes. Inclusive, caso você não saiba, é lá que são produzidos os vinhos da Fabenne.



Uva Chardonnay e suas características

Agora que você já sabe um pouquinho sobre a origem da rainha das uvas brancas, vamos entender melhor as características que fazem com que ela seja tão especial. 

  • Maleabilidade: fácil de ser cultivada, a uva Chardonnay se adapta aos mais variados solos, climas e regiões. Possivelmente é uma das uvas mais “maleáveis” que existem, podendo ser produzida em diferentes regiões do mundo.
  • Versatilidade: a Chardonnay também é muito versátil e pode ser usada em diferentes técnicas de vinificação. Ela pode se transformar em espumantes, vinhos brancos leves ou encorpados e até em vinhos doces.
  • Coloração: essa uva apresenta uma típica coloração verde amarelada, pele fina e cachos pequenos e delicados.
  • Aroma intenso: Outra característica bem marcante dessa uva são os aromas intensos.Entre eles, os mais encontrados são frutas frescas, frutas de caroço, frutas em compota e aromas amanteigados, amadeirados e de flores tropicais.Os aromas dos vinhos Chardonnay também podem variar de acordo com a região onde a uva foi cultivada e o estilo desejado pelo vinicultor.



Que tal conhecer o Vinho Chardonnay da Fabenne? Acesse nosso site e confira. 

 

Fabenne usa cookies para personalizar a comunicação e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.