MEU CARRINHO

FALTAM PARA FRETE GRÁTIS! (*)

(*) Válido para: São Paulo, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte e Curitiba.

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

Vinhos + comidinhas do dia a dia: harmonizações que você precisa conhecer

Vinhos + comidinhas do dia a dia: harmonizações que você precisa conhecer

FABENNE - 09/09/2022

Vinhos + comidinhas do dia a dia: harmonizações que você precisa conhecer

E aí, ragazzi! Como vocês estão? Vocês com certeza já devem ter ouvido por aí que vinho é uma bebida apenas para os finais de semana, certo? A Nonna discorda! Afinal, o que é bom deve ser aproveitado sempre, né? Com moderação, é claro.

Por isso, no post de hoje a Nonna reuniu algumas dicas sobre como harmonizar vinhos com comidinhas do dia a dia. As melhores dicas pra você parar de sofrer na hora de fazer aquele jantar de última hora para receber os amigos.

 

Ficou curioso(a) para saber quais dicas são essas? Vamos lá! Buona lettura. 

Macetes básicos da harmonização

Bom, se você achou que encontraria aqui todos os tipos de harmonizações possíveis para todas as comidas existentes, sentimos informar que estava errado. Além de ser humanamente impossível listar todas as variantes de harmonizações, também não é muito produtivo.

Sabe o que é produtivo de verdade? Te ensinar alguns macetes básicos de harmonização. Assim, além de aprender de fato, você conseguirá se sair bem em qualquer situação que exija esse tipo de conhecimento. 

 

  • Harmonizando por semelhança

Você com certeza já deve ter ouvido falar sobre a harmonização por semelhança, né?  Esse é um dos macetes mais conhecidos no mundo da harmonização, e diz respeito a simplesmente encontrar semelhanças entre o sabor do prato e o do vinho.  Prato estruturado? Vinho estruturado. Prato simples? Vinho simples. Viu como é fácil?

 

  • Harmonização por contraste

Diferente da harmonização por semelhança, a harmonização por contraste tem como principal objetivo a neutralidade. A principal ideia aqui é que os sabores se unam no paladar, sem que um acabe se destacando mais do que o outro. Uma combinação clássica por contraste é a degustação de um vinho fortificado, como o Porto,com um queijo azul, tipo Roquefort. Queijos de massa mole como brie e camembert vão bem com um bom Chardonnay.

 

Vinhos + comidinhas do dia a dia: 4 elementos importantes na harmonização

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os macetes básicos de harmonização, vamos entender também como elementos comuns usados diariamente na cozinha podem ser amigos (ou não) dos vinhos. 

 

Sal: ah, o sal! Sua falta deixa tudo sem graça, mas o seu excesso acaba com tudo. Amigo ou inimigo da harmonização? Amigo! Isso porque domina os taninos, deixando-os mais suaves. O vinho também fica mais frutado. É por isso que carnes temperadas com sal grosso são ótimas opções para os tintos.

 

Acidez: aqui colocamos em prática a  regra da harmonização por semelhança. Pratos com alto teor de acidez pedem por vinhos igualmente  ou até mais ácidos. Anotou?

 

Açúcar: assim como o sal, o açúcar pode levantar ou matar um prato. Por isso, na hora de harmonizar com comidinhas do dia a dia, escolha vinhos que sejam mais doces que o prato (no caso de sobremesas).

 

Picância: algum amante de pimenta por aqui? A pimenta e os condimentos presente em alguns pratos vão reforçar o álcool do vinho. Escolha vinhos com teor alcoólico baixo (10,5% ou 11%) e com boa acidez, sejam eles tintos ou brancos. Uma comida tailandesa ou oriental picante vai muito muito bem com um Chardonnay ou com o espumante Blanc de Blancs, que tem mais acidez e paladar mais fresco.

 

Harmonizações que a gente ama! 

  • Pastel: harmoniza com Pinot Noir, Carmenère e Merlot.
  • Frango a passarinho: harmoniza com Pinot Noir, Merlot e Chardonnay.
  • Calabresa acebolada: harmoniza com Cabernet Sauvignon e Malbec.
  • Macarrão com salsicha: harmoniza com Merlot e Pinot Noir.
  • Arroz, feijão e ovo frito: harmoniza com espumante Brut seco.
  • Lasanha: harmoniza com Piemonte.
  • Feijoada: harmoniza com Brut. 
  • Pão de queijo: harmoniza com Chadonnay.
  • Almôndega: harmoniza com Cabernet Sauvignon.
  • Frango assado: harmoniza com Pinot Noir. 
  • Strogonoff de carne: harmoniza com Malbec.
  • Cachorro-quente: harmoniza com Pinot Noir. 

 

Melhores vinhos aqui na Fabenne

As melhores opções de vinhos tinto, branco e rosé você encontra aqui na Fabenne. Escolha o seu bag preferido e não deixe a adega vazia. Fazbenne: vinhos para todos os dias e ocasiões. Acesse nosso site e confira. 

Fabenne usa cookies para personalizar a comunicação e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.