MEU CARRINHO

FALTAM PARA FRETE GRÁTIS! (*)

(*) Válido para: São Paulo, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte e Curitiba.

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

RECEITAS DE BOLO DE PAMONHA PRA QUEM NÃO SABE FAZER PAMONHA

RECEITAS DE BOLO DE PAMONHA PRA QUEM NÃO SABE FAZER PAMONHA

FABENNE - 20/06/2022

RECEITAS DE BOLO DE PAMONHA PRA QUEM NÃO SABE FAZER PAMONHA

A nonna ouviu falar em pamonha, é isso mesmo? Ou foi o frio que afetou a audição dela? Brincadeiras à parte, devemos confessar que pamonha, mais especificamente bolo de pamonha, é uma das receitas preferidas da Nonna. E, se é a sua também, mas você (como um bom millenial) não tem nem ideia de como se faz nenhum dos dois, não se preocupe, a gente te ajuda. 

No artigo de hoje nós reunimos algumas dicas de como fazer pamonha (dá um pouco de trabalho, mas vale a pena!), e também bolo de pamonha (que, se você ainda não provou, está perdendo tempo). Curioso (a) para saber quais dicas são essas? Então continue nos acompanhando. Buona lettura!

 

O consumo de milho

Se você já acompanha a Nonna há algum tempo por aqui, certamente sabe que ela adora uma boa história, né? E hoje não vai ser diferente. Antes de falarmos sobre as receitas, vamos entender melhor sobre a origem dessa comidinha deliciosa que é a pamonha.

Que o milho é um dos principais ingredientes utilizados para fazer pamonha, disso você já sabe. Mas você sabia que ele é um prato típico da região centro-oeste? Isso mesmo! O milho é um alimento consumido desde os tempos antigos pelos povos pré-colombianos e, quando os europeus chegaram ao continente, encontraram várias espécies cultivadas. Na culinária do México, por exemplo, o milho é um dos principais ingredientes utilizados na alimentação, sendo muito mais consumido que no Brasil.

A espécie que se tornou popular aqui no Brasil foi a de milho verde, que é utilizada para diversas finalidades, inclusive para fazer pamonha. Mas, de acordo com Câmara Cascudo, em seu livro a História da Alimentação no Brasil, receitas como pirão, pamonha, canjica, pipoca, dentre outras tiveram origem com os índios brasileiros. E, com a colonização das Américas, os portugueses e africanos foram adaptando e produzindo outras receitas um pouquinho diferentes das que conhecemos hoje.

 

De onde veio a pamonha?

O nome pamonha vem da palavra pamunã, do tupi. Não existe, exatamente, o local que ela nasceu de fato, mas é um prato muito consumido na região centro-oeste, especialmente no estado de Goiás, onde o alimento encontra-se em mercados, restaurantes, feiras, pamonharias e rodovias. 

A pamonha também é muito popular em outros estados brasileiros, tais como São Paulo e Minas Gerais, e é adicionada açúcar à massa. Mas você sabia que no Nordeste o doce é feito com leite de côco? 

Para a produção da pamonha, muitos utilizam a espiga do milho ralada, embora existam receitas que também utilizam flocos de milho. De acordo com os ingredientes selecionados, a produção da pamonha poderá ser doce ou salgada. A pamonha cozida é uma das mais populares e, muitas vezes, ela pode ser acompanhada por um café quentinho (ou quem sabe por um vinho?).

 

Receitas de Pamonha

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a história da pamonha, bem como os seus diferentes tipos existentes, vamos às receitas que a Nona preparou e que são super fáceis de fazer.

  • Bolo de Pamonha: o bolo de pamonha é conhecido por ser suuuuper macio e desmanchar na boca. Sabe aquele bolo molhadinho e que combina super bem com um cafezinho? É ele! A opção perfeita para receber os amigos num sábado chuvoso. Dá uma olhadinha na receita e depois conta se foi fácil fazer.
  • Pamonha assada: o preparo da pamonha assada também é bem simples, e o tempo no forno é de apenas 45 minutos. Se você quer saborear um prato simples, mas com muito sabor, não deixe de testar essa receita! E depois conta pra gente o que achou.
  • Pamonha doce com queijo: que tal rechear uma pamonha doce com queijo de minas? Hummmm...O resultado é super cremoso e suculento! Então, se você gosta de uma combinação de sabores diferentes e surpreendentes, essa deve ser a sua opção de receita de pamonha!
  • Pamonha salgada com amido de milho: com ingredientes simples e um preparo super prático, é possível saborear essa pamonha em pouco tempo. Ah, a receita rende bastante, viu? Por isso, pode convidar a família para comer um pedacinho.

 

Vinho e Pamonha: será que combina?

A  gente sabe que essa dúvida não saiu da sua cabeça enquanto lia as receitas de pamonha que a Nonna separou para você. Por isso, vamos finalmente revelar que SIM, é super possível combinar pamonha e vinho! Para isso, você deve seguir algumas regrinhas que ajudam a melhorar a harmonização:

  • Se sua pamonha levar queijo, opte por harmonizá-la com vinho branco.
  • Caso sua pamonha seja recheada com linguiça, a harmonização perfeita será com vinho tinto.
  • No caso de pamonhas doces (e também do bolo de pamonha), a escolha deve ser por vinhos com doçura semelhante.

 

Pamonha combina com vinho que combina com... Fabenne!

Quem diria, hein? Geração millenial sabe até fazer pamonha! A Nonna está orgulhosa. E vai ficar mais ainda quando você entrar no site da Fabenne para encomendar suas bags de vinho. Ainda não foi? Corre!

Fabenne usa cookies para personalizar a comunicação e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.