MEU CARRINHO

FALTAM PARA FRETE GRÁTIS! (*)

(*) Válido para: São Paulo, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte e Curitiba.

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

DIA DO MOSCATO: Tudo o que você precisa saber sobre essa uva incrível! 

DIA DO MOSCATO: Tudo o que você precisa saber sobre essa uva incrível! 

FABENNE - 10/05/2022

DIA DO MOSCATO: Tudo o que você precisa saber sobre essa uva incrível! 

Quem aí gosta de ouvir uma boa história? Hoje a Nonna (especialista em contar histórias das boas) vai aproveitar o dia do Vinho Moscato para te contar um pouco mais sobre essa iguaria que ganha todos os paladares mundo afora! 

Preparados para ouvir e aprender tudo sobre o Vinho Moscato? Já damos um spoiler: ele faz parte de uma das maiores e mais antigas famílias de uvas do mundo! Vamos lá? Buona lettura!

 

ONDE SURGIU O MOSCATO?

A Nonna, que já é bastante experiente no mundo dos vinhos, também não sabe dizer ao certo a origem do Moscato. Pois é! Mas de acordo com algumas teorias, tudo aponta que ele tenha surgido primeiro no Egito, depois na Ásia, seguido da Grécia. Independente do lugar onde essa preciosidade apareceu pela primeira vez, uma coisa é certa: a uva Moscato é muuuuito antiga, sendo uma das mais consumidas para a produção de vinhos.

Curiosidade: Se fizermos esse recorte apenas na Itália (terrinha amada!), encontraremos cerca de 13 denominações de origens diferentes para o Moscato. Mas além de lá, também é possível encontrar a uva com muita facilidade na Espanha, Alemanha, França, Estados Unidos, Austrália, Brasil, Hungria, entre outros.

 

VINHO MOSCATO: O MAIS VERSÁTIL DOS VINHOS 

De acordo com as pesquisas e conhecimento da Nonna, existe uma série de variedades de vinho Moscato por aí. Mas como sabemos que você é curioso e quer saber sobre as principais, vamos listar aqui, tá?

 

(1) MOSCATO BRANCO 

Conhecido também como Muscat Blanc, o Moscato Branco pode ser considerado como uma das variedades mais conhecidas de vinho da uva Moscato. Seu consumo na Itália é altíssimo, onde dá origem ao Moscato D’Asti. Mas aqui no Brasil ele também vem se popularizando, principalmente as produções cultivadas em Farroupilhas, no Rio Grande do Sul. (Alô, Fabenne!)

O Moscato Branco é conhecido por gerar vinhos super aromáticos, onde é possível sentir principalmente os aromas de damasco, mel, pêra, pêssego e flor de laranjeira.

Curiosidade: o nome “Moscato” significa “a preferida das abelhas”. Sabe por quê? Pelo alto teor de açúcar que a uva possui quando madura. Quem já provou um bom Moscato sabe! 

O Moscato da Fabenne é um vinho muito leve e adocicado! Mas ainda é um vinho seco, não tendo altos teores de açúcar na sua composição. 

 

(2) MOSCATO DE ALEXANDRIA

Nome chique, né? Essa uva também é uma das mais conhecidas e utilizadas para vinhos brancos mais frutados, como é o caso de espumantes adocicados, vinhos de sobremesa e vinhos tranquilos (aqueles que não contam com a presença de gás). Ou seja, o Moscato agrada a todos os paladares: dos secos aos adocicados.

 A uva Moscato de Alexandria é mais comumente encontrada na Espanha e na África do Sul, mas também é possível encontrar bons vinhos feitos a partir dela aqui no Brasil, tá? É só procurar direitinho.

 Curiosidade: Existem mais de 200 variações de Moscato pelo mundo!

DICA DA NONNA: Para harmonizar um vinho produzido a partir de uva Moscato, prefira pratos com peixes, carnes e aves. Queijos e sobremesas leves também formam um ótimo casamento aqui!

 

(3) MOSCATEL

Quem nunca se deliciou com um bom espumante Moscatel na noite de virada do ano, hein? Aqui no Brasil ele não pode faltar nesse tipo de comemoração! E não é para menos, já que ele é super aromático, possui baixa graduação alcoólica e é docinho, fazendo com que até aqueles que não gostam muito de vinho (o que achamos uma loucura, é claro), apreciem um moscatel geladinho.

Curiosidade: O vinho Moscatel é elaborado por um método chamado Asti. Esse método consiste, basicamente, em apenas uma fermentação alcoólica, a qual não chega até o fim. Ou seja, quando o vinho atinge um mínimo de 6% de álcool, ela é interrompida (por isso a baixa porcentagem de álcool). Com isso, a quantidade de açúcar que não é revertida em álcool é bem elevada (por isso o sabor adocicado).

DICA DA NONNA Um bom espumante Moscatel pede por combinações que tenham o mesmo teor (ou até maior) de açúcar. Portanto, para que essa harmonização seja perfeita, experimente adicionar frutas na taça, como laranja ou morango. Sobremesas com frutas, sorvetes, biscoitos e rabanadas também funcionam super bem na harmonização.

 

E O MOSCATO DA FABENNE? 5 motivos para você experimentar esse vinho leve e refrescante! 

(1) ELABORADO NA CAPITAL NACIONAL DO MOSCATO

Feito em Farroupilha, o Fabenne Moscato leva o selo de queridinho da Nonna.

(2) MAIS BRASILEIRO, IMPOSSÍVEL

No olfato tem um aroma único de frutas tropicais e no paladar, um vinho leve e macio!

(3) VAI COM TUDO!

É um vinho democrático e que combina com os mais diversos pratos e ocasiões!

(4) PERFEITO PARA DRINKS 

Sua principal característica é a leveza e por isso qualquer combinação com frutas e bebidas gaseificadas são bem vindas!

(5) NOVA SAFRA

A Nova Safra de 2022 acabou de chegar, e o Moscato é ainda melhor assim bem fresco por ser um vinho leve e macio. 

 

VIVA O #MOSCATODAY!

Você viu que a Nonna está toda moderninha usando hashtag e tudo? Afinal, ela não podia deixar de usar toda essa modernidade para chamar sua atenção para o #MoscatoDay, que nada mais é do que um dia inteirinho do ano dedicado para essa uva que é tão versátil e deliciosa.

Se você também é um #MoscatoLover, que tal conhecer o Moscato Giallo da Fabenne? Proveniente de um casamento perfeito entre as uvas Moscato Giallo e Moscato Itália, ele foi cuidadosamente elaborado em Farroupilha

Curiosidade: Farroupilha é a capital nacional do Moscato!

 

Para quem gosta de um vinho leve, com paladar adocicado e aroma único de frutas tropicais, o Moscato Giallo é uma ótima pedida! Acesse nosso site e garanta sua bag para comemorar o #MoscatoDay da melhor maneira possível. Corre que a Nonna está te esperando!