MEU CARRINHO

FALTAM PARA FRETE GRÁTIS! (*)

(*) Válido para: São Paulo, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte e Curitiba.

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

DICAS DA NONNA: LUGARES EM SÃO PAULO PARA VISITAR PÓS PANDEMIA

DICAS DA NONNA: LUGARES EM SÃO PAULO PARA VISITAR PÓS PANDEMIA

NONNA - 31/08/2021

Fala ragazzi, tudo bem por aí? Durante a pandemia eu desenvolvi a mania de ficar fuçando na internet para achar lugares que eu gostaria de visitar assim que ela acabasse. Como vocês bem sabem, eu tenho um pézinho na Itália, mas moro em São Paulo - na Mooca é claro - há anos e sou apaixonada por esse lugar. Nessas minhas aventuras digitais, descobri vários pontos turísticos legais e que merecem destaque.

Começando pela Arena de Lazer Sambódromo Anhembi. Já fui muito no Sambódromo, não para passear, mas para dançar muito no bloquinho de Carnaval (claro que os bloquinhos não são como os de hoje em dia). Mas agora o local abriu suas portas para o público, ele  oferece praça de alimentação, pista e aluguel de bikes, áreas para pets, áreas instagramáveis e áreas de passeio. O local fica aberto todos os dias, das 8h às 17h e possui calendário para eventos. 

Cidade de São Paulo

O segundo ponto turístico que eu estou me coçando para ir é no Farol Santander. Fica ali no centro de São Paulo, ao lado do Mosteiro de São Bento e conta com um acervo de memórias fixo e exposições em exibição por um tempo limitado. No 26° andar tem um café, que já estou ansiosa para conhecer, e também um mirante com uma vista espetacular para a cidade. Fica aberto de terça a domingo, das 9h às 20h e o ingresso custa R$25,00 inteira e R$22,50 para cliente Santander e R$12,50 meia entrada. 

Novos ingressos gratuitos para exposição “Contemporâneo, sempre” no Farol  Santander - Escoteiros SP

Outro ponto turístico é o Instituto Tomie Ohtake. Já passei inúmeras vezes em frente, meu cardiologista fica ali do lado. É um prédio enorme, bem bonito e que realiza mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design. Ele fica aberto de terça a domingo, das 12h às 17h e o preço vou pedir pra você consultar na programação deles! Dependendo da exposição, ela pode ser paga ou não. 

Instituto Tomie Ohtake | Historia das Artes

Agora chegamos no meu favorito, o Mercadão. O Mercado Municipal, localizado no Centro Histórico de São Paulo, é o lugar perfeito para você, que assim como eu, fica enlouquecido no mundo da culinária. Sempre quando ia lá, voltava com no mínimo 1kg a mais. Você vai encontrar verduras, legumes e frutas fresquinhas, passando por carnes, aves, peixes e frutos do mar, massas, doces, especiarias e produtos importados de primeira linha. Já ficou com água na boca? Isso porque eu ainda não falei sobre o melhor lanche de mortadela que eu comi na minha vida. O local fica aberto todos os dias, de segundo a domingo.

Mercado Municipal permanece aberto em São Paulo | VEJA SÃO PAULO

E o último, quero ir visitar o Sampa Sky. Trata-se de um mirante de vidro instalado no Mirante do Vale, edifício mais alto da cidade, a 150 metros de altura. O lugar é chique viu? Foi inspirado no mirante Sky Deck, que está localizado no 103º andar da Willis Tower, em Chicago, nos EUA, e pode ficar despreocupado porque a estrutura é capaz de aguentar 30 toneladas com total segurança. O espaço fica localizado no Centro Histórico de São Paulo, pertinho do Mercadão, então você pode aproveitar para conhecer as duas atrações de uma vez! 

O mirante de vidro que flutua sobre SP: Sampa Sky é o novo ponto turístico  com a vista mais alta da cidade

E isso é só uma parte dos lugares que eu vou assim que a pandemia acabar. São tantos lugares, que não sei se minha artrose no joelho vai aguentar. Mas enquanto as coisas não melhoram, se cuide belo! 

Bacio da Nonna!