MEU CARRINHO

FALTAM PARA FRETE GRÁTIS! (*)

(*) Válido para: São Paulo, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte e Curitiba.

Ícone do carrinho

Nenhum item no carrinho.

CONHEÇA O PROCESSO DE PRODUÇÃO DO SEU VINHO FABENNE

CONHEÇA O PROCESSO DE PRODUÇÃO DO SEU VINHO FABENNE

FABENNE - 16/08/2021

Aposto que você já teve a curiosidade de saber como é o processo de produção dos nossos vinhos. Pensando em matar a sua curiosidade, chamamos nossos parceiros da Cooperativa São João para mostrar como isso é feito! 

Inicia-se o processo com o recebimento de uvas, que passaram por avaliação dos agrônomos para serem colhidas na melhor qualidade. Após descarregadas, as uvas passam por um equipamento chamado desengaçadeira, onde são separadas as bagas (conhecidas pelo termo incorreto de grãos) do engaço (cabinho da uva).

Feito isso, para a elaboração de vinhos brancos, estas bagas são enviadas imediatamente para uma prensa pneumática, assim é feita a extração do mosto (o suquinho da uva), separando o líquido das cascas. Após a obtenção deste mosto, é feito o direcionamento para tanques onde ocorrerá a fermentação, que é a transformação do açúcar presente no mosto em álcool e gás carbônico. Os tanques têm temperatura controlada e é feito o uso de leveduras selecionadas.

Para os vinhos brancos, é importante esse processo ser feito o mais rápido possível, pois assim teremos um vinho bem límpido e de cor amarelo palha. Quanto mais tempo em contato com a casca, mais amarelado/alaranjado ele poderá ficar.

Para a elaboração de vinhos rosés, estas bagas ficam em contato com a casca por algumas horas. Depois disso, são enviadas para a prensa pneumática e assim é feita a extração do mosto e desta forma obtemos um líquido rose. Em seguida é feito o direcionamento para tanques onde ocorrerá a fermentação com temperatura controlada e feito o uso de leveduras selecionadas. 

Para a elaboração de vinhos tintos, as bagas ficam em contato com o líquido e as cascas, desta forma são enviadas para os tanques onde ocorrerá a primeira fermentação com o uso de leveduras selecionadas e acompanhamento de temperatura dos tanques.

Durante este processo de fermentação são feitas remontagens (movimentar o mosto) para a extração total da cor. Depois do líquido fermentado, é separado do bagaço (as cascas e sementes) e enviadas para outro tanque onde ocorrerá a segunda fermentação, transformando o ácido málico em lático, deixando assim o vinho redondo e macio.

Com o passar dos meses, são feitas as correções no vinho, passagem por frio, estabilização e filtração.

Algumas fotos do processo:

Após o vinho estar pronto, o envase nos bags é realizado e ele já está pronto para ir para sua casa!